regional

Melhora a avaliação do Governo Paulo Câmara

Melhora a avaliação do Governo Paulo Câmara

Maioria dos entrevistados, 46%, acredita na vitória do candidato da Frente Popular por Pernambuco

A sondagem do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco, também solicitou aos entrevistados que avaliassem a gestão do governador Paulo Câmara (PSB). Comparado com a primeira rodada da sondagem, realizada em agosto, o socialista apresentou uma melhora da avaliação do seu governo. O percentual dos que consideram o desempenho da administração bom aumentou 9 pontos (de 13% para 22%) e o quantitativo dos que consideravam a sua gestão péssima caiu 7 pontos percentuais (de 26% para 19%). Para a maior parte dos eleitores, o governo do socialista é considerado regular, com 41% das manifestações. Apenas 4% a julgam como ótima.

Diante da pergunta sobre a avaliação da maneira do governador administrar Pernambuco, 45% dos pesquisados aprovaram e 48% desaprovaram. O maior índice de avaliação positiva do socialista é registrado entre os entrevistados mais jovens, com idade entre 16 e 24 anos, 49%, com ensino fundamental, 48%, e os que recebem até dois salários mínimos, 50%. Já os que desaprovam são maioria entre os eleitores que têm idade entre 25 e 44 anos, 53%, com ensino superior, 64%, e que têm renda entre 2 e 5 salários mínimo e mais do que 5, com 56%, cada.

Continuidade

A pesquisa Ipespe/Folha de Pernambuco registrou que a maioria dos pernambucanos acredita na reeleição de Paulo Câmara. Quando questionados sobre qual o candidato apostaria para ganhar a eleição para o Governo do Estado, o atual gestor lidera as citações, com 46% – 3 pontos percentuais a mais do que o resultado da última sondagem. O senador Armando Monteiro Neto (PTB) aparece na sequência, com 25% – 4 pontos percentuais a menos. O detalhe é que a soma dos entrevistados que não sabem ou não responderam é maior do que o índice do petebista, 28%.

A crença na vitória do ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio (Rede) da candidata Simone Fontana (PSTU), do ex-deputado federal Maurício Rands (PROS) e da advogada Dani Portela (PSOL) apresenta um índice baixo. Enquanto Lossio e Simone registram 1%, cada, Rands e Dani não pontuam.

A expectativa pela vitória de Paulo Câmara é maior na Capital (67%). Na periferia, o que lidera é a indecisão. Isso porque os que não sabem ou não responderam somam 41% das menções. No interior, a maioria do eleitorado acredita que Armando Monteiro vai ocupar o cargo no Palácio do Campo das Princesas.

Entre os jovens, com idade entre 16 e 24 anos, Câmara apresenta o seu melhor desempenho, com 52%. Já Armando Monteiro, tem mais citações entre os que possuem 60 anos ou mais, 29%. No recorte de renda, enquanto os entrevistados que recebem mais do que 5 salários mínimos são os que mais acreditam na reeleição do socialista (51%), os que recebem entre 2 e 5 salários mínimos acreditam mais na vitória ao petebista.

Já no quesito escolaridade, os dois candidatos têm mais confiança dos eleitores com ensino superior, porém, Paulo tem uma margem maior de 54%, contra 34% de Armando.


Fonte: Folha/PE

Leia mais notícias em belmontediario.com.br, siga nossas páginas no Facebook e no Twitter . Você também pode enviar informações à Redação do BelmonteDIÁRIO por email envienoticias@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9958-0208 | 9 9102-0292.

Você pode gostar também: