Pernambuco teve abstenção de 63,9% no Enem Digital

Pernambuco teve abstenção de 63,9% no Enem Digital

Dos 2,7 mil inscritos, apenas 1.095 compareceram ao local de prova

Pernambuco registrou uma abstenção de 63,9% no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital, realizado neste domingo (31). Apesar de elevado, o número ainda foi abaixo da média nacional, que ficou em 68,1%.

O estado teve 2,7 mil pessoas inscritas para fazer a prova. Dessas, 1.095 estiveram presentes, o equivalente a 36,1%. Os demais 1.604 não compareceram. Os dados são considerados preliminares.

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, afirmou que o número de abstenção do país está ligado à pandemia da Covid-19. “A gente entende que isso é muito em função da pandemia. Alguns locais estão em lockdown, as pessoas não saíram de suas casas para fazer a prova”, disse em coletiva de imprensa na noite deste domingo.

Projeto piloto desenvolvido pelo Inep, o Enem Digital registrou mais de 96 mil inscritos. No Amazonas, 2.896 candidatos não puderam fazer o modelo digital em virtude dos aumentos de casos de Covid-19 no Estado. Os amazonenses serão direcionados à reaplicação do Enem impresso, nos dias 23 e 24 de fevereiro.

No primeiro dia do Enem Digital, os candidatos responderam 90 questões – em computadores – distribuídas nas áreas de Ciências Humanas, Linguagens, além da redação, que será feita à mão, no formato tradicional. Já no dia 7 de fevereiro, segunda etapa da aplicação, os estudantes terão 90 quesitos de Ciências da Natureza e matemática. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), até 2026 o Enem passará a ser complementarmente digital.

Com informações do Leia Já