Petrolina atinge 100% de ocupação dos leitos de UTI e já tem fila de espera para pacientes com Covid-19

Petrolina atinge 100% de ocupação dos leitos de UTI e já tem fila de espera para pacientes com Covid-19

 

Petrolina, no Sertão de Pernambuco, atingiu 100% da ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19. A informação foi confirmada na noite desse domingo (7) pelo prefeito do município, Miguel Coelho (MDB). Em suas redes sociais, o gestor também afirmou que a cidade já conta com fila de espera para o atendimento dos pacientes graves, que precisam de leito, e apelou para que a população contribua com o isolamento social tendo em vista o crítico momento que vive a saúde pública do município e do estado.

“Encerramos todos os leitos que temos disponíveis e, pior, começamos a fazer fila de espera. Todos vocês sabem quais são as cenas dos próximos capítulos. Estamos trabalhando incansavelmente para poder conseguir abrir novos leitos ao longo dessa semana e temos a boa perspectiva de conseguir abrir, mas nada adiantará a gente abrir novos leitos, e pela falta de senso, cuidado, ou pela falta de amor, as pessoas continuarem sendo infectadas”, disse.

O mandátário sertanejo sinalizou que medidas mais severas de isolamento podem ser adotadas no município, caso o cenário continue o mesmo. “Precisamos mais uma vez mostrar solidariedade, mas principalmente união. Se continuar desse jeito, seremos forçados a tomar medidas ainda mais severas e restritivas. Não queremos atrapalhar a vida de ninguém, mas queremos, sim, evitar que o que está acontecendo hoje se prolongue por outros dias”.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que tem monitorado a situação epidemiológica e que reforçará com leitos na UPAE de Petrolina. “Além disso, dentro do planejamento de abertura de novas vagas, nos próximos dias, a rede de saúde da IV Macrorregião de Saúde será reforçada com 20 novos leitos de UTI no Hospital e Maternidade Santa Maria, em Araripina, e na UPAE de Petrolina”, informa.

De acordo com a SES-PE, também será feito um chamamento público aberto para contratação de leitos dedicados à Covid-19 junto aos hospitais privados e filantrópicos. “Também tem realizado as ações necessárias para garantir o atendimento dos pernambucanos, ampliando os leitos na rede própria e contratualizando na privada, o que tem possibilitado a oferta, atualmente, de mais de 2 mil vagas de UTI e enfermaria em todas as regiões pernambucanas”, diz o texto.

Petrolina tem o registro oficial de 17.115 casos confirmados da Covid-19, e 211 óbitos provocados pela doença.

Com informações do Diário de Pernambuco