Serasa cria campanha para negociar dívidas de R$1 mil por R$100; saiba como

Serasa cria campanha para negociar dívidas de R$1 mil por R$100; saiba como

A proposta, segundo a empresa, é para oferecer ajuda para as pessoas que perderam renda neste momento de pandemia

Uma iniciativa da Serasa (Centralização de Serviços dos Bancos) está dando a oportunidade de quitar dívidas nos valores entre R$ 200 a R$ 1.000 por R$ 100. A proposta, segundo a empresa, é para oferecer ajuda para as pessoas que perderam renda no momento de crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Serasa bate recorde de 3 milhões de renegociações e prorroga feirão limpa nome
Câmara aprova projeto que suspende inclusão de pessoas em cadastros do SPC e Serasa
Serasa oferece renegociação de dívidas em agências dos Correios
Para negociar alguma dívida dentro deses termos, é necessário acessar o site da Serasa e procurar por “Serasa Limpa Nome”. Também é possível fazer a negociação por meio do aplicativo Serasa, disponível para aparelhos de sistema Android e iOS. Por causa da pandemia, os atendimentos presenciais estão suspensos.

As empresas dispostas a negociar as dívidas com esses descontos são: Ativos S.A, Kroton, Santander, Recovery, BGM, Credsystem, Oi, Itaú, Avon, Tricard, Unic, ConectCar, Banco do Brasil, Nextel, Fama, Elmo, Crefisa, Sky, Anhanguera, Cetelem, Hipercard, Di Santinni, Pitágoras, Unopar, Casas Bahia, Riachuelo, Pagbank, Itaucard, Itapeva, Light entre outras. A lista completa com todas as empresas pode ser acessada no site da Serasa.

A empresa estima que mais de R$ 25 milhões de dívidas poderão ser quitadas com este formato de negociação. “Neste momento delicado da economia, em que muitas pessoas perderam sua renda, trabalhamos para oferecer o máximo de ajuda para esta parcela significativa da população, trazendo mais empresas parceiras para a iniciativa de facilitar o pagamento de dívidas”, disse Lucas Lopes, diretor da Serasa.

Passo a passo para negociar na“Serasa Limpa Nome”
Para fazer a consulta e pedido de quitação de dívidas, o consumidor deve acessar a plataforma do Serasa ou o aplicativo e informar o CPF para consulta. Em seguida, a plataforma mapeia as dívidas existentes no CPF e apresenta as possibilidades de negociação. Então, o usuário deverá escolher qual a melhor opção e, por fim, emitir o boleto para efetuar o pagamento.

Fonte: JC