Aliados reafirmam apoio a João Campos no 2º turno

Aliados reafirmam apoio a João Campos no 2º turno

 

Visando reforçar a aliança com o PSB nas eleições do Recife, a Comissão Política do Comitê Municipal do PCdoB reafirmou o apoio ao candidato a prefeito do Recife, João Campos (PSB), no segundo turno da corrida às urnas. A agremiação ressaltou que João Campos não flerta com bolsonaristas, em uma alfinetada à adversária Marília Arraes (PT). Usar a ampla base de apoios da Frente Popular é uma das estratégias dos coordenadores da campanha de Campos. A ideia é usar os aliados tanto nas agendas de rua como nos confrontos diretos da campanha.

Para isso, os comunistas colocaram sua militância e lideranças à disposição da Frente Popular. É o exemplo dos vereadores eleitos Cida Pedrosa (PCdoB) e Almir Fernando (PCdoB).

“O resultado mais importante do primeiro turno das eleições municipais foi a derrota do bolsonarismo, marcado pelo fracasso nas urnas dos principais candidatos apoiados por Bolsonaro. Ao seu modo, por múltiplas e variadas escolhas, o povo votou majoritariamente por quem defende a vida, a ciência e a democracia”, diz a nota, acrescentando que comemora a eleição de sua bancada de dois vereadores e a passagem de João Campos e Isabella de Roldão para o segundo turno.

“João Campos tem se posicionado de maneira clara e firme contra Bolsonaro, não flerta com propostas e políticas bolsonaristas, é quem reúne as melhores condições políticas de promover a aglutinação de amplas forças sociais para governar, requisitos fundamentais a uma boa gestão no atual cenário”, complementa o comunicado.

Somando forças no apoio ao filho de Eduardo Campos, a candidata a vice-prefeita da Frente Popular do Recife Isabella de Roldão (PDT) reuniu as principais lideranças da sigla, ex-candidatos à Câmara de Vereadores do Recife e militantes do Partido Democrático Trabalhista para convocar ampla mobilização nas bases. O objetivo do encontro, que aconteceu na sede do partido, na noite da última terça-feira foi para reafirmar o compromisso com a candidatura de João Campos (PSB). “Precisamos nos unir, fortalecer a nossa base e continuar no caminho do bem. O resultado virá. O tempo é curto, mas temos o candidato mais qualificado e que possui um programa de futuro para todas e todos”, enfatizou Roldão.

Nas eleições deste ano, o PDT não fez um candidato a vereador para a Câmara do Recife, mas Isabella garante que há disposição dos correligionários para ir às ruas. “Mesmo com a rebordosa, que faz parte do processo, é preciso continuar. Estavam todos e todas conosco na reunião. Conseguimos juntar todos e foi uma reunião muito boa. A campanha ainda não terminou. Temos uma segunda etapa curta para ganhar esse voto, desmanchando fake news e acabando com preconceitos”, afirmou.

A candidata a vice-prefeita ressaltou ainda as características de João Campos para este processo. “João assume pautas importantes para as mulheres e faz isso porque sabe escutar. Ele abre este espaço e sabe que uma cidade segura para as mulheres, é uma cidade segura para todo mundo e vamos trabalhar juntos para fazer isso”, destacou. Além de Isabella, participaram da reunião o vice-presidente do diretório municipal do PDT, Fábio Fiorenzano, o secretário do Trabalho de Pernambuco Alberes Lopes, a secretária de Habitação do Recife Ana Paula Lins e o vice presidente estadual do PDT, Wellington Batista.

No primeiro dia de campanha no segundo turno das eleições, João Campos reuniu os dirigentes de partidos aliados para renovar o engajamento na sua campanha pela Prefeitura do Recife. Um dos objetivos é mostrar que o socialista é o que reúne mais apoios e condições de gerir a cidade.

Com informações da Folha de PE