Em 2022, Luciano Huck poderá ter como vice Paulo Câmara pelo PSB

Em 2022, Luciano Huck poderá ter como vice Paulo Câmara pelo PSB

 

Existe uma previsão para que o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, se desincompatibilize do cargo em abril de 2022, prazo máximo estipulado pela legislação eleitoral.

O que ainda não se encontra definido é se ele deixará o Governo de PE para disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados, no Senado Federal, ou se será indicado para compor a vaga de vice em uma chapa presidencial do partido que poderá ser encabeçada pelo apresentador Luciano Huck.

“Isso está em discussão, não tem nada fechado. Há algumas semanas também foi comentado que ele poderia ser candidato a vice-presidente da República. Até abril, há um longo processo e as avaliações estão sendo feitas”, disse um socialista, em reserva.

Com o nome do ex-prefeito do Recife, Geraldo Júlio, cotado para ser o candidato ao governo em 2022, no tocante ao Senado, o partido tem analisado lançar Paulo para o cargo de Senador.

Isso pois o PSB lidera uma frente ampla com mais de dez partidos, e com apenas uma vaga na chapa majoritária, seria mais viável contemplar um aliado nessa formação, o que tornaria a postulação de deputado federal, uma via mais segura.

Sobre a possibilidade de ser indicado para vice, o que se sabe dentro do PSB, é de que a nível Nordeste, a única liderança forte e representativa que o partido possui hoje, seria o governador Paulo Câmara. A escolha pelo chefe do Executivo traria “equilíbrio” em uma chapa, possivelmente encabeçada por um candidato do Sul/Sudeste.

“Seria um equilíbrio natural, ter a presença de um representante do Nordeste na chapa. Dependerá muito da composição que será feita daqui pra lá, nada tem sido descartado, inclusive a possibilidade dele permanecer no cargo até o final do mandato”, declarou outro socialista, também em reserva. Informações do Portal de Prefeitur

Com informações do Portal da Prefeitura