Mundial Sub-17: Brasil e Chile se enfrentam por vaga nas quartas


Partida será realizada nesta quarta-feira (6), às 20h no estádio Bezerrão, no Gama

A caminhada do Brasil rumo ao título da Copa do Mundo sub-17 não tem mais margens para erros e um confronto sul-americano nas oitavas de finais é a próxima missão. No estádio Bezerrão, no Gama, os garotos brasileiros enfrentam nesta quarta-feira (6) o Chile, às 20h. O confronto já virou rotina nas competições de base e profissional. O vencedor encontra nas quartas quem passar de Itália x Equador.

A seleção brasileira possui 100% de aproveitamento na competição e teve a melhor campanha da fase de grupos ao lado da França, com nove gols marcados e um sofrido.

Os chilenos não apresentaram a mesma consistência do adversário e terminaram em terceiro no grupo C, sendo derrotados duas vezes para França e Coréia do Sul e arrancando uma vitória contra o Haiti. A classificação veio por estar entre os três melhores terceiros colocados.

Porém, as dificuldades na primeira fase não apagam o potencial da La Roja, atual vice-campeã sul-americana. A boa trajetória no torneio continental teve a participação essencial de Gonzalo Tapia, fã assumido de Luís Suárez. A atenção da defesa brasileira deve ser redobrada com o atacante da Universidade Católica, que conduziu o único triunfo chileno no Mundial com duas assistências e um gol.

O treinador Guilherme Dalla Déa não tem motivos para se preocupar em promover alterações em relação ao último jogo. Com Yan ainda suspenso, Garcia é a escolha natural na lateral-esquerda. A possível novidade é o retorno do zagueiro e lateral-esquerdo Renan, recuperado de lesão na coxa direita e ainda sem estrear no Mundial.

O retrospecto recente no duelo é favorável aos brasileiros. Antes da competição, foram realizados dois amistosos em Goiânia e o Brasil saiu vitorioso em ambos. No primeiro, Reinier, que não foi convocado, e Peglow, garantiram a vitória por 2×1. No outro, 3×1, com gols de Gabriel Veron e Reinier duas vezes.

Fonte: Folha de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *