VERDEJANTE: Promotoria recomenda cancelamento de Vaquejada como medida de contenção a Covid-19

VERDEJANTE: Promotoria recomenda cancelamento de Vaquejada como medida de contenção a Covid-19

 

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio de Promotoria de Justiça Verdejante, recomendou à Associação dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha de Pernambuco (ACQM/PE) que realize o cancelamento do evento 1ª Etapa do Circuito ACQM-PE de Vaquejada, com data prevista para os próximos dias 4, 5 e 6 de junho, no Haras Pantanal, em Verdejante, até a reabertura das atividades econômicas após expedição de novo Decreto Estadual com medidas de contenção da pandemia da Covid-19.

 

Ao município de Verdejante, à Vigilância Sanitária, aos organizadores de eventos e à população em geral, a Promotoria de Justiça de Verdejante ainda recomendou que, conforme as medidas impostas pelo Estado (art. 8º do Decreto Estadual nº 50.561/2021), permanece vedada em Pernambuco a realização de shows, festas, eventos sociais e corporativos de qualquer tipo, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes fechados ou abertos, públicos ou privados, inclusive em clubes sociais, hotéis, bares, restaurantes, faixa de areia e barracas de praia, independentemente do número de participante.

 

Por sua vez, à Polícia Militar e Civil foi recomendado que fiscalizem o cumprimento da referida legislação, e, nesse sentido, prestem o devido apoio às autoridades sanitárias estaduais e municipais, organizando-se logisticamente para autuação de todos os infratores (organizadores e público presente) e procedendo com a lavratura dos procedimentos policiais de flagrante delito, conforme o caso.

 

A recomendação, firmada pela Promotora de Justiça Andréa Griz de Araujo Cavalcanti, foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPE desta terça-feira (25).

Com informações de Mikael Sampaio